Os doze canais divergentes (jing bie)


Os doze canais divergentes se ramificam dos doze canais primários e não possuem pontos específicos próprios. É importante, no entanto, estar familiarizado com as principais características dos canais divergentes, uma vez que seus caminhos fazem ligações internas que podem não ser feitas pelos canais primários e, portanto, servem para explicar as ações e indicações de muitos pontos.

A maioria dos canais divergentes pertencem aos canais primários Yang têm algumas características:

  • Separado de seu canal primário Yang nos membros, por exemplo, o canal da Bexiga na fossa poplítea, os canais do Estômago e da Vesícula Biliar na coxa, o canal do Intestino Delgado no ombro, o canal do Intestino Grosso na mão.

  • Entre seu Zang ou Fu relacionado, bem como seu Zang ou Fu relacionado internamente-externamente, por exemplo, o canal divergente da Bexiga viaja para o Fu da Bexiga e depois para o Zang do Rim; o canal divergente do Estômago viaja para o Fu do Estômago e depois para o Zang do Baço.

  • Ressurgem na fossa supraclavicular, pescoço ou face e se unem ao seu canal Yang primário novamente.

Os canais divergentes pertencentes aos canais Yin primários têm algumas características:

  • Separados de seu canal Yin primário nos membros.

  • Às vezes entram em seu Zang relacionado (Rim, Coração, Pulmão).

  • Convergem com seu canal divergente relacionado internamente-externamente.

  • Em seguida, juntam-se ao próprio canal Yang primário.

Funções e significado clínico dos canais divergentes


Os canais divergentes fortalecem a relação Yin-Yang entre os canais pareados internamente e externamente e o Zang Fu

Os canais relacionados interior-exteriormente e Zang Fu já estão ligados pelos canais primários e de conexão luo das seguintes maneiras:

  • Cada canal primário precede ou segue seu canal emparelhado na circulação do Qi, por exemplo, o canal do Pulmão precede o canal do Intestino Grosso, o canal do Baço segue o canal do Estômago.

  • Cada canal primário liga internamente seu próprio Zang Fu relacionado com o Zang ou Fu correspondente ao seu canal pareado, por exemplo, o canal do Pulmão penetra no Zang do Pulmão e no Fu do Intestino Grosso.

  • Os canais de conexão luo ligam os canais emparelhados.

Como os canais divergentes Yang conectam ainda mais os Zang Fu emparelhados e como os canais divergentes Yin se cruzam primeiro com os canais divergentes Yang e depois com os canais primários Yang, diz-se que os canais divergentes fortalecem os laços dos canais primários Yin e Yang emparelhados, os canais e os próprios Zang Fu.


Os canais divergentes distribuem Qi e Xue para cabeça e rosto

Os seis canais Yang primários circulam todos para a cabeça e o rosto, mas dos canais primários Yin apenas o Coração e o Fígado o fazem. Por sua ligação com os canais divergentes e primários Yang, os canais divergentes Yin fornecem um caminho para os canais Yin circularem o Qi e o Xue para a cabeça e o rosto. Por exemplo, o canal do Pulmão não ascende acima da região da garganta, mas o Qi do Pulmão pode circular para o nariz em virtude da conexão entre o canal divergente do Pulmão e o canal primário do Intestino Grosso.


Os canais divergentes integram áreas do corpo não supridas ou interligadas pelos canais primários

Por exemplo:

  • Uma grande ênfase é colocada na importante relação entre o Coração e os Rins (fogo e água), mas embora o canal primário do Rim se conecte com o Coração, o canal primário do Coração não se conecta com os Rins. O canal divergente da Bexiga (relacionado interior-exteriormente aos Rins), porém, viaja dos Rins ao Coração, fortalecendo esse vínculo.

  • Nem os canais primários do Fígado nem da Vesícula Biliar viajam diretamente para o Coração, mas o caminho do canal divergente da Vesícula Biliar para o Coração reforça e ajuda a explicar a estreita relação fisiológica entre o Coração e o Fígado e a Vesícula Biliar.


Os canais divergentes ajudam a explicar a ação clínica de alguns pontos de acupuntura comumente usados:

Por exemplo:

  • O canal divergente da Bexiga circula pela área retal, ajudando a explicar a ação de pontos como Chengshan (B57) e Feiyang (B58) no tratamento de doenças retais, especialmente hemorroidas.

  • O canal divergente do Estômago entra no Coração, ajudando a explicar o uso de muitos pontos do canal do Estômago no tratamento de distúrbios do espírito.

  • O canal divergente da Bexiga liga-se ao Coração ajudando a explicar o efeito dos pontos do canal da Bexiga no tratamento da desarmonia do Coração e do espírito, por exemplo Shenmai (B62) para epilepsia, palpitações, insônia, mania e depressão.


Observação: imagens adaptadas de: Deadman P, Al-Khafaji M, Baker K. A Manual of Acupuncture. Journal of Chinese Medicine 1998.


Referências bibliográficas:

  1. Deadman P, Al-Khafaji M, Baker K. A Manual of Acupuncture. Journal of Chinese Medicine 1998. ISBN: 0951054678

  2. Focks, C. Guia prático de acupuntura: localização de pontos e técnicas de punção. Barueri, SP: Manole, 2008

  3. Yamamura, Y. Acupuntura tradicional - A Arte de Inserir. 2ª ed. São Paulo, SP: Roca, 2004


0 visualização0 comentário