Centáurea


O INTUITO DA POSTAGEM É EDUCACIONAL E SE BASEIA NOS CONHECIMENTOS DA MEDICINA TRADICIONAL. A AUTO-MEDICAÇÃO DEVE SER EVITADA E A AVALIAÇÃO MÉDICA É DESEJÁVEL ANTES DE SE UTILIZAR AS PLANTAS MEDICINAIS.


A centáurea é uma planta nativa da Europa e, atualmente, ela é encontrada na América e na Ásia, graças à propagação de sementes misturadas com outros cereais.

Por ser considerada uma erva daninha pelos agricultores desde a antiguidade, o uso de herbicidas reduziu bastante seu número.


Suas flores são azul-celeste e são a parte utilizada na fitoterapia por suas propriedades anti-inflamatórias e antissépticas, principalmente para aliviar problemas oculares.


Nome científico: Centaurea cyanus.

Nomes comuns: centáurea, escovinha, marianinha, botão de solteiro, e fidalguinhos

Partes da planta usadas: flores.

Composição: cianina, tanino, mucilagem.

Ação farmacológica: antisséptico, anti-inflamatório.

Indicações: blefarite, conjuntivite.

Contra-indicações: alergia à centáurea.


Eles não se conhecem.


Modo de emprego: adicione uma colher de chá de centáurea a uma xícara de água fervida. Deixe esfriar à temperatura ambiente. Filtre o líquido com um filtro de café e realize lavagens dos olhos.


Referência bibliográfica:

  1. Al-Snafi AE. The pharmacological importance of Centaurea cyanus - a review. International Journal of Pharmacy Review & Research 2015: 5(4): 379-384.

  2. López PM. Manual práctico de fitoterapia. Descripción de las plantas medicinales y preparación de remédios naturales. Guíasprácticas Nº 4. Plantasmedicinales.net, 2017

#fitoterapia #centáurea #medicinatradicional #medicinaintegrativa #saudeintegrativa #plantasmedicinais

16 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo