Abeto


O INTUITO DA POSTAGEM É EDUCACIONAL E SE BASEIA NOS CONHECIMENTOS DA MEDICINA TRADICIONAL. A AUTO-MEDICAÇÃO DEVE SER EVITADA E A AVALIAÇÃO MÉDICA É DESEJÁVEL ANTES DE SE UTILIZAR AS PLANTAS MEDICINAIS.


O abeto é uma árvore de origem europeia, que atinge 50 metros de altura e está distribuído nas áreas montanhosas até 2000 metros acima do nível do mar.

Além de ser a árvore do Natal, possui propriedades medicinais.

O óleo essencial e a resina são utilizados, tradicionalmente, ​​para fazer produtos analgésicos para uso tópico, que geralmente, combinados com outras plantas semelhantes, aumenta sua eficácia contra a dor.


Nome científico: Abies alba Miller.

Nomes comuns: abeto, abeto comum.

Partes da planta utilizadas: folhas, brotos e resina.

Composição: óleo essencial.

Ação farmacológica (uso na medicina tradicional): analgésico, rubefaciente.

Indicações (medicina tradicional): dores musculares, dores nas articulações.

Contraindicações: alergia ao abeto.


Modo de emprego: cremes e outras preparações à base de óleo essencial de abeto, para massagear nas áreas doloridas, conforme instruções do produto adquirido.


Referência bibliográfica:

López PM. Manual práctico de fitoterapia. Descripción de las plantas medicinales y preparación de remédios naturales. Guíasprácticas Nº 4. Plantasmedicinales.net, 2017


#fitoterapia #abeto #medicinatradicional #medicinaintegrativa #saudeintegrativa #plantasmedicinais

14 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo