Trajeto dos meridianos extraordinários



Vaso Penetrador

  1. Origina-se no abdome inferior (no útero nas mulheres)

  2. Emerge no períneo (Huiyin VC1)

  3. Um ramo ascende dentro da coluna vertebral

  4. Outro ramo emerge em Qichong E30, conecta-se com o canal do Rim em Henggu R1 e sobe pelo canal do Rim até Youmen R21, depois se dispersa no peito

  5. A partir daqui, um terceiro ramo sobe ao longo da garganta, curva-se ao redor dos lábios e termina abaixo do olho

  6. Um quarto ramo emerge em Qichong E30, desce o aspecto medial das pernas até a fossa poplítea, depois desce o lado medial da perna, segue posteriormente ao maléolo medial e termina na sola do pé

  7. Um quinto ramo separa-se do ramo da perna no calcanhar , cruza o pé e termina no dedão do pé.

Pontos coalescentes: Huiyin VC1, Yinjiao VC7, Qichong E30, Henggu R11, Dahe R12, Qixue R13, Siman R14, Zhongzhu R15, Huangshu R16, Shangqu R17, Shiguan R18, Yindu R19, Futonggu R20, Youmen R21.

Sintomas patológicos do vaso penetrador: contrafluxo do Qi, urgência abdominal, dispneia, distúrbios ginecológicos, distúrbio de atrofia da perna.


Vaso da Cintura

  1. Se origina na região de Zhangmen F13

  2. Circula logo abaixo da região do hipocôndrio

  3. Corre obliquamente para baixo através de Daimai VB26, Wushu VB27 e Weidai VB28, envolvendo a cintura como um cinto.

Pontos coalescentes: Daimai VB26, Wushu VB27 e Weidai VB28.

Sintomas patológicos do vaso da cintura: plenitude abdominal, sensação na cintura como se estivesse sentado na água, dor ao redor do umbigo, abdômen, cintura e coluna lombar, leucorréia vermelha e branca, menstruação irregular, infertilidade, esperma insuficiente.


Vaso Yang do Caminhar

  1. Origina-se na face lateral do calcanhar em Shenmai B62

  2. Ascende ao longo do maléolo lateral e na borda posterior da fíbula

  3. Ascende pela face lateral da coxa até o quadril (Juliao VB29) e região costal póstero-lateral até a prega axilar posterior

  4. Ziguezagueia pela parte superior do ombro

  5. Sobe pelo pescoço até o canto da boca

  6. Sobe pela bochecha e ao longo do nariz até o canto interno e se comunica com o vaso de Yin do Caminhar e o canal da bexiga em Jingrning B1

  7. Continua para cima até a testa, então curva-se através da região parietal e desce para se encontrar com Fengchi VB20 e entra no cérebro.

Pontos coalescentes: Shenmai B62, Pucan B61, Fuyang B59, Juliao VB29, Naoshu ID10, Jianyu IG15, Jugu IG16, Dicang E4, Juliao E3, Chengqi E1, Jingming B1 e Fengchi VB20.

Sintomas patológicos do vaso Yang do caminhar: epilepsia diurna, doenças oculares, perda de consciência, aversão ao vento, hemiplegia, obstrução dolorosa crônica, rigidez do corpo, dor lombar, tendões contraídos, flacidez dos músculos mediais da perna e rigidez dos músculos laterais da perna.


Vaso Yin do Caminhar

  1. Origina-se abaixo do maléolo medial em Zhaohai R6

  2. Ascende ao longo do maléolo medial e da superfície póstero-medial da perna e coxa até a genitália externa, depois sobe pelo abdome e tórax até a fossa supraclavicular

  3. Ascende pela garganta e emerge anterior à Renying E9,

  4. Sobe ao lado da boca e do nariz até o canto interno, onde se encontra com o vaso Yang do Caminhar e o canal da Bexiga no Jingming B1

  5. Então ascende com eles para entrar no cérebro

Pontos coalescentes: Zhaohai R6, Jiaoxin R8 e Jingming B1.

Sintomas patológicos do vaso Yin do caminhar: epilepsia noturna, doenças oculares, calafrios e febre, obstrução dolorosa da pele devido ao calor úmido, dor hipogástrica, dor dos genitais, tendões contraídos, sangramento uterino, leucorréia, flacidez dos músculos laterais da perna e rigidez dos músculos mediais da perna.


Vaso Yang de Conexão

  1. Origina-se próximo ao calcanhar em Jinmen B63 (na junção dos canais Yang da perna)

  2. Ascende ao longo do maléolo lateral e do canal da Vesícula Biliar da perna para passar pela região do quadril

  3. Ascende ao longo da região costal posterolateral (posterior para o vaso Yang do caminhar) até a prega axilar posterior (Naoshu ID10)

  4. Cruza a parte superior do ombro (Tianliao TA15 e Jianjing VB21) e ascende ao longo do pescoço e mandíbula, depois passa anterior à orelha até a testa (Benshen VB13)

  5. Cruza a região parietal através dos pontos do canal da Vesícula Biliar até Fengchi VB20, então se conecta com o Vaso Governador em Fengfu VG16 e Yamen VG15

Pontos coalescentes: Jinmen B63, Yangjiao VB35, Naoshu ID10, Tianliao TA15, Jianjing VB21, Touwei E8, Benshen VB13, Yangbai VB14, Toulinqi VB15, Muchuang VB16, Zhengying VB17, Chengling VB18, Naokong VB19, Fengchi VB20, Fengfu VG16 e Yamen VG15.

Sintomas patológicos do vaso Yang de conexão: tontura visual, dispneia, dor aguda e súbita e inchaço da região lombar, calafrios e febre, dispneia com ombros levantados, febre e calafrios.


Vaso Yin de Conexão

  1. Origina-se no lado medial da perna em Zhubin R9 (na junção dos canais Yin da perna)

  2. Ascende ao longo da face medial da perna e da coxa até o abdome inferior

  3. Sobe pelas costelas até Qimen F14

  4. Sobe para a garganta para encontrar o Vaso Concepção em Tiantu VC22 e Lianquan VC23

Pontos coalescentes: Zhubin R9, Chongmen BP12, Fushe BP13, Daheng BP15, Fuai BP16, Qimen F14, Tiantu VC22 e Lianquan VC23.

Sintomas patológicos do vaso Yin de conexão: dor no coração, dor no peito, plenitude e dor na região costal lateral, dor lombar.


Os Vasos Concepção e Governador serão abordados em uma outra postagem.


Observação: imagens adaptadas de: Deadman P, Al-Khafaji M, Baker K. A Manual of Acupuncture. Journal of Chinese Medicine 1998.


Referências bibliográficas:

  1. Deadman P, Al-Khafaji M, Baker K. A Manual of Acupuncture. Journal of Chinese Medicine 1998. ISBN: 0951054678

  2. Focks, C. Guia prático de acupuntura: localização de pontos e técnicas de punção. Barueri, SP: Manole, 2008

  3. Yamamura, Y. Acupuntura tradicional - A Arte de Inserir. 2ª ed. São Paulo, SP: Roca, 2004

0 visualização0 comentário