top of page

O meridiano do Pulmão - Taiyin da Mão


Meridiano Principal do Pulmão

  • tem origem no Jiao médio, na região do Estômago,

  • desce para se conectar com o Intestino Grosso,

  • retorna para cima para passar pelo orifício cardíaco do Estômago e atravessa o diafragma,

  • penetra no Pulmão,

  • sobe para a região da garganta,

  • passa obliquamente para baixo em direção a Zhongfu P1, onde o canal emerge,

  • sobe um espaço de costela para Yunmen P2 no centro da cavidade do triângulo deltoide-peitoral,

  • desce ao longo do aspecto ântero-lateral do braço, lateral aos canais do coração e do pericárdio,

  • para a fossa cubital do cotovelo em Chize P5,

  • passa ao longo da face ântero-lateral do antebraço em direção ao processo estiloide do rádio,

  • segue a borda lateral da artéria radial até o punho em Taiyuan P9,

  • atravessa a eminência tenar para terminar no lado radial da unha do polegar em Shaoshang P11.

  • um ramo se separa do canal principal no Lieque P7, no processo estilóide, e viaja diretamente para o lado radial da ponta do dedo indicador, onde se liga ao canal do Intestino Grosso em Shangyang IG1.

O canal primário do Pulmão se conecta com os seguintes Zang Fu: Estômago, Intestino Grosso, Pulmão.

O canal primário do Pulmão encontra-se com outros canais nos seguintes pontos: nenhum.


Canal luo de Conexão do Pulmão

  • separa-se do canal principal do Pulmão no Lieque P7,

  • segue o canal do Pulmão até a palma da mão e se espalha pela eminência tenar,

  • conecta-se com o canal do Intestino Grosso interiormente-exteriormente.

Canal divergente do Pulmão


  • diverge do canal principal do Pulmão na axila e passa anteriormente ao canal do coração no tórax,

  • conecta-se com o Pulmão e se dispersa no Intestino Grosso,

  • um ramo ascende do Pulmão, emerge na fossa supraclavicular, ascende pela garganta e converge com o canal do Intestino Grosso.

Canal musculotendíneo do Pulmão

  • se origina no polegar em Shaoshang P11 e sobe para se ligar na eminência tenar,

  • segue o pulso radial e sobe pela face flexora do antebraço para se ligar no centro do cotovelo,

  • continua ao longo da face ântero-lateral do braço para entrar no tórax abaixo da axila,

  • emerge na região de Quepen E12 e segue lateralmente até o ombro, anterior a Jianyu IG15,

  • retorna à região supraclavicular (Quepen E12) e desce no tórax ,

  • se espalha sobre o diafragma e converge na região das costelas flutuantes.

Sintomas patológicos do canal musculotendíneo do Pulmão: cãibras e dor ao longo do canal.

Quando grave há acúmulo de nódulos abaixo da região costal lateral direita, tensão ao longo da região costal lateral e escarro com sangue.


Discussão

O canal do Pulmão (taiyin da mão) é acoplado interior-exteriormente ao canal do Intestino Grosso e emparelhado com o canal do Baço de acordo com a teoria dos seis canais. A relação Pulmão-Intestino Grosso é reforçada pelo fato de que:

  • o caminho interior do canal primário do Pulmão desce para o Intestino Grosso.

  • um ramo do canal primário do Pulmão separa-se do Lieque 7 para se conectar com Shangyang IG1.

  • o canal luo de conexão do Pulmão se conecta ao canal do Intestino Grosso.

  • o canal divergente do Pulmão desce para o Intestino Grosso e se conecta com o canal do Intestino Grosso no pescoço.

Além disso, é útil observar que:

  • o canal primário do Pulmão se origina no Jiao médio na região do Estômago.

  • os canais primários e divergentes do Pulmão ascendem à garganta.

  • o canal do Pulmão não se conecta diretamente com o nariz, mas o faz indiretamente através do canal do Intestino Grosso.

O Pulmão tem cinco funções principais:

  • governar o Qi e controlar a respiração.

  • controlar a circulação e a descida.

  • regular as passagens da água.

  • controlar a pele e os pelos do corpo.

  • abertura no nariz.

É em virtude dessas funções, bem como das vias de canal discutidas acima, que muitas das ações e indicações dos pontos do canal do Pulmão podem ser explicadas. Estes podem ser resumidos como:

  • tratar a rebelião do Qi do Pulmão que se manifesta como distúrbios respiratórios, como tosse, dispneia, chiado, asma e falta de ar.

  • restabelecer a função de circulação do Pulmão quando este é prejudicado por fatores patogênicos exteriores que se alojam na porção superficial do corpo.

  • tratar distúrbios nasais, incluindo hemorragia nasal e obstrução nasal.

  • tratar distúrbios da garganta, como secura, dor, congestão, inchaço e dor.

  • tratar edema e micção obstruída quando isso é causado pelo comprometimento da função do Pulmão de regular as passagens da água e controlar a circulação e descida.

  • tratar vômitos devido à rebelião do Qi do Estômago.

Observações: imagens adaptadas de Deadman P, Al-Khafaji M, Baker K. A Manual of Acupuncture. Journal of Chinese Medicine 1998. ISBN: 0951054678


Referências bibliográficas:

  1. Deadman P, Al-Khafaji M, Baker K. A Manual of Acupuncture. Journal of Chinese Medicine 1998. ISBN: 0951054678

  2. Focks, C. Guia prático de acupuntura: localização de pontos e técnicas de punção. Barueri, SP: Manole, 2008

  3. Yamamura, Y. Acupuntura tradicional - A Arte de Inserir. 2ª ed. São Paulo, SP: Roca, 2004

1.284 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page