top of page

E1 Chengqi


Chengqi - Estômago 1

Colecionador de Lágrimas


Ponto de encontro do canal do Estômago com o Vaso Yang do Caminhar e o vaso Concepção


Localização

Com os olhos olhando diretamente para a frente, este ponto está localizado diretamente abaixo da pupila entre o globo ocular e a crista infraorbitária.


Agulhamento

Peça ao paciente para fechar os olhos e olhar para cima. Use um dedo para empurrar o globo ocular para cima e insira a agulha, primeiro ligeiramente inferiormente, depois perpendicularmente, entre o globo ocular e a parede inferior da órbita, 0,5 a 1 cun.

Nota: de acordo com vários textos clássicos, este ponto é contraindicado à moxabustão.

Atenção:

I. a agulha deve ser inserida lentamente sem levantar, empurrar ou girar;

II. imediatamente após a retirada da agulha, pressione firmemente com uma bola de algodão por cerca de um minuto para evitar hematoma;

III. este método de agulhamento não deve ser tentado por aqueles que não tiveram supervisão clínica adequada.


Ações

Beneficia os olhos e impede o lacrimejamento

Elimina o vento e limpa o calor


Indicações

Vermelhidão, inchaço e dor nos olhos, lacrimejamento por exposição ao vento, lacrimejamento frio, lacrimejamento quente, obstrução visual superficial, visão turva, miopia, tontura visual, cegueira noturna, coceira nos olhos, olhar fixo para cima, espasmos dos olhos pálpebras.

Desvio da boca e dos olhos, incapacidade de falar, surdez e zumbido.


Comentários

Chengqi E1 é um dos dois principais pontos locais dos canais primários para o tratamento de doenças oculares (o outro é Jingming B1), e é o encontro de uma rede de canais. O canal primário do Estômago encontra o canal da Bexiga em Jingming B1 antes de descer ao longo da crista infraorbital até Chengqi E1, o canal divergente do Estômago se conecta com o olho e o canal do tendão do Estômago se une ao canal do tendão da Bexiga para formar uma rede muscular ao redor do olho.

A etiologia e patologia dos distúrbios oculares é complexa e variada, mas pode ser simplificada em:

I. ataque por vento-calor patogênico exterior ou vento-frio,

II. desarmonia interior (principalmente queima do fogo do Fígado, revolta do Yang do Fígado ou deficiência do Yin e sangue do Fígado), ou

III. uma combinação de desarmonia interior e patógenos exteriores.

Não só o Chengqi E1 é capaz de dissipar fatores patogênicos como vento, frio e calor do olho, mas ao revigorar e estimular fortemente o Qi e o sangue da área local, é igualmente aplicável para distúrbios devido a qualquer tipo de desarmonia interior , e por isso é indicado para a mais ampla gama de doenças oculares. Isso inclui as categorias tradicionais de vermelhidão, inchaço e dor, lacrimejamento, obstrução visual superficial, visão turva, miopia, cegueira noturna, coceira nos olhos, olhos olhando para cima, tontura visual e espasmos das pálpebras. Em termos de categorias de doenças modernas, Chengqi E1 é indicado para conjuntivite aguda e crônica, miopia, glaucoma, astigmatismo, daltonismo, neurite do nervo óptico, ceratite e blefaroespasmo.

Como o nome 'Colecionador de Lágrimas' sugere, Chengqi E1 é especialmente importante no tratamento da lacrimação excessiva, que é classicamente subdividida em tipos frios ou quentes, em ambos os casos complicados pelo vento exterior. O tipo frio pode ser devido à deficiência e frio do canal do Fígado ou exaustão do Fígado e dos Rins, enquanto o tipo quente pode ser devido ao vento-calor do canal do Fígado ou deficiência de Yin do Fígado com calor.


Combinações

Desvio da boca com incapacidade de falar: Chengqi E1, Sibai E2, Juliao E3, Kouheliao IG19, Shangguan VB3, Daying E5, Quanliao ID18, Qiangjian VG18, Fengchi VB20, Yingxiang IG20 e Renzhong VG26 (Suplementação de Vida).

Miopia: Chengqi E1, Jingming B1, Fengchi VB20, Guangming VB37, Taichong F3 e Hegu IG4.

Vermelhidão, inchaço e dor no olho: Chengqi E1, Zanzhu B2, Fengchi VB20, Taiyang (Ex-HN-5), Hegu IG4 e Xingjian F2.


Referências bibliográficas:

  1. Deadman P, Al-Khafaji M, Baker K. A Manual of Acupuncture. Journal of Chinese Medicine 1998. ISBN: 0951054678

  2. Focks, C. Guia prático de acupuntura: localização de pontos e técnicas de punção. Barueri, SP: Manole, 2008

  3. Yamamura, Y. Acupuntura tradicional - A Arte de Inserir. 2ª ed. São Paulo, SP: Roca, 2004

Posts recentes

Ver tudo

Comentarios


bottom of page