Dietética Chinesa - Bebidas alcoólicas


Dietética Chinesa - Bebidas alcoólicas


Natureza térmica: depende do teor de álcool, ou seja, quanto mais alto o teor, mais quente

  • Conhaque: quente

  • Vinho: quente

  • Cerveja: fria, especialmente cerveja de trigo (durante o calor do verão)

Sabor: ácido, doce e amargo

Zang Fu: Coração, Fígado, Pulmão, Estômago

Direção: ascendência

Elemento: Metal

Efeitos: move o Qi, move o Sangue, dissipa o frio, dispersa a estagnação do Qi do Fígado

Métodos de preparação: consumido em pequenas quantidades, para conservar e temperar alimentos


Contém etanol, ácidos graxos, ácidos e possivelmente açúcar


Indicações

Deficiência de Qi: fadiga, exaustão (decocção de álcool e raiz de ginseng)

Estagnação de Sangue pelo Frio: extremidades frias, tremores, dor no abdômen

Deficiência de Sangue: pele pálida, insônia, esquecimento, fadiga

Estagnação do Qi do Fígado: tensão mental e física, depressão, melancolia, dismenorreia

Invasão do vento-frio: aversão ao frio, tremores, dor nas extremidades, dor no peito e nas costas


O álcool equilibra o Qi, fortalece o Pulmão, Baço e Coração. Em combinação com as ervas apropriadas, o álcool pode ter um efeito acelerador e fortalecedor. As estações mais frias são preferíveis para tratamentos com álcool.


Contra-indicações

Deficiência de Yin do Fígado

Sintomas de calor

Umidade-calor

O consumo excessivo regular de álcool danifica o Qi, danifica o espírito (Shen) e destrói o Yin.


Referência:

Kastner, J. Chinese Nutrition Therapy - Dietetics in Traditional Chinese Medicine. Thieme 2004

10 visualizações

Todos os Direitos Reservados ©2019 by medicofisiatra.com.br. Para uso de algum dos conteúdos entrar em contato conosco.