top of page

BP2 Dadu


Dadu - Baço-Pâncreas 2

Grande Cidade


Ponto ying (fonte) do canal do Baço

Ponto do fogo do canal do Baço


Localização

Na face medial do hálux, na depressão distal e inferior à primeira articulação metatarsofalângica.

Na depressão localizada deslizando a ponta do dedo distalmente sobre a lateral da bola do pé.


Agulhamento

Inserção inferior oblíqua 0,3 a 0,5 cun.


Ações

Regula o Baço

Resolve a umidade e calor úmido

Harmoniza o Jiao médio e limpa o calor


Indicações

Inchaço repentino dos quatro membros, peso do corpo com dor nos ossos, inchaço dos membros, opressão do peito.

Distensão abdominal, dor epigástrica, vómitos, diarreia, obstipação, agitação quando está com fome e tonturas quando está cheio, perturbação súbita.

Agitação, insônia, dor no coração, doença febril com ausência de sudorese, doença febril que não se dispersa, lesão por frio levando a frio contracorrente das mãos e pés, tontura visual.

Dor lombar com incapacidade de virar, distúrbios do dedão do pé, sensação de calor nas solas dos pés.


Comentários

Dadu BP2 é o ponto ying (fonte) e o ponto de fogo do canal do Baço, e objeto de declarações um tanto contraditórias em diferentes clássicos. O Clássico das Dificuldades diz que os pontos ying (fonte) são indicados para "calor no corpo", e de fato os pontos ying (fonte) dos doze canais são geralmente os principais pontos para limpar o calor do tipo de excesso ou deficiência de seus respectivos Zang Fu ou canal. O Clássico Ilustrado dos Pontos de Acupuntura do Homem de Bronze diz "quando o Baço é deficiente, reforce Dadu BP2", refletindo o status de Dadu BP2 como o ponto 'mãe' do canal do Baço (o fogo é a mãe da terra ), segundo o princípio de tonificar a mãe para nutrir o filho. O Clássico do Dragão de Jade simplesmente afirma que Dadu BP2 pode tratar a desarmonia do Baço e do Estômago.

O Baço domina a função do sistema digestivo como um todo, incluindo o Estômago e os intestinos.

Sua função de transporte e transformação exige muito do Qi do Baço, e em desarmonia o Baço tende à deficiência, razão pela qual a maioria dos pontos do canal do Baço distal ao joelho tem algum efeito na tonificação do Baço. Essa deficiência pode estar subjacente aos padrões de umidade do Baço ou calor úmido, seja porque transporte e transformação prejudicados levam à geração desses patógenos dentro do corpo, ou porque quando o Baço está deficiente, o corpo é especialmente vulnerável ao ataque da umidade externa e calor úmido. É este quadro de deficiência de Baço combinado com umidade ou calor úmido que é capaz de conciliar as diferentes afirmações feitas nos clássicos sobre Dadu BP2. Deve-se enfatizar, entretanto, que entre os pontos mais distais do canal do Baço, a ação tonificante do Baço de Dadu BP2 é relativamente menor, e sua ação primária é reduzir os padrões de excesso.

Dadu BP2 é indicado para o excesso de umidade ou calor úmido que se manifesta como inchaço súbito dos quatro membros, peso do corpo com dor nos ossos, inchaço dos membros e opressão do peito. Essas indicações refletem o ataque por umidade externa ou calor úmido, muitas vezes como consequência da deficiência subjacente do Baço. Dadu BP2 também é indicado para padrões de calor do estômago e intestinos, como distensão abdominal, dor epigástrica, vômitos, diarreia ou constipação e distúrbio súbito de agitação. A indicação 'agitação quando com fome e tontura quando cheio' reflete um padrão de fleuma-calor no Estômago. A ação dissipadora de calor do Dadu BP2 se estende ao tratamento de doenças febris, sendo especialmente indicado quando as febres são acompanhadas de ausência de sudorese.

Finalmente, Dadu BP2 pode ser usado como um ponto local para distúrbios do dedão do pé em combinação com pontos como Taibai BP3 e Xingjian F2.


Combinações

Vômitos: Dadu BP2 e Chengguang B6 (Suplementação de Vida).

Doença febril com ausência de sudorese: Dadu BP2 e Jingqu P8 (Cem Sintomas).

Dor do Coração e Epigástrio: Dadu BP2 e Taibai BP3 (Pivô Espiritual).

Estagnação do Qi, dor lombar com incapacidade de ficar em pé: Dadu BP2 e Henggu R11 (Ode de Xi-hung).


Referências bibliográficas:

  1. Deadman P, Al-Khafaji M, Baker K. A Manual of Acupuncture. Journal of Chinese Medicine 1998. ISBN: 0951054678

  2. Focks, C. Guia prático de acupuntura: localização de pontos e técnicas de punção. Barueri, SP: Manole, 2008

  3. Yamamura, Y. Acupuntura tradicional - A Arte de Inserir. 2ª ed. São Paulo, SP: Roca, 2004

384 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Kommentare


bottom of page