Tanaceto


O INTUITO DA POSTAGEM É EDUCACIONAL E SE BASEIA NOS CONHECIMENTOS DA MEDICINA TRADICIONAL. A AUTO-MEDICAÇÃO DEVE SER EVITADA E A AVALIAÇÃO MÉDICA É DESEJÁVEL ANTES DE SE UTILIZAR AS PLANTAS MEDICINAIS.

Os diferentes tipos de tanaceto crescem entre 10 e 60 cm de altura, em terrenos pobres ao longo de estradas e campos abandonados. Tem flores pequenas e folhas verde-amareladas em forma de penas. Floresce de julho a outubro. As flores são dispostas em corimbos de até 30 peças, com floretes brancos alongados e outros amarelos em forma de disco com brácteas envolvidas cobertas de penugem. Assemelham-se aos da camomila, com os quais às vezes é confundido.


Nome científico: Tanacetum parthenium.

Nomes comuns: tanaceto, crisântemo de jardim, matricária vulgar, matricária comum, artemísia dos prados, rainha das ervas, amargosa, margaza.

Partes da planta utilizadas: planta inteira, exceto as raízes.

Composição: óleo essencial, lactonas, flavonóides.

Ação farmacológica: analgésico, anti-inflamatório.

Indicações: enxaqueca.

Contraindicações: alergia a algum dos seus componentes.


Modo de usar: cápsulas de extrato de tanaceto, à venda em farmácias e dietéticas.


#fitoterapia #tanaceto #medicinatradicional #medicinaintegrativa #saudeintegrativa #plantasmedicinais


Referência bibliográfica:

López PM. Manual práctico de fitoterapia. Descripción de las plantas medicinales y preparación de remédios naturales. Guíasprácticas Nº 4. Plantasmedicinales.net, 2017

19 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo