Tília-de-folhas-grandes


O INTUITO DA POSTAGEM É EDUCACIONAL E SE BASEIA NOS CONHECIMENTOS DA MEDICINA TRADICIONAL. A AUTO-MEDICAÇÃO DEVE SER EVITADA E A AVALIAÇÃO MÉDICA É DESEJÁVEL ANTES DE SE UTILIZAR AS PLANTAS MEDICINAIS.


A tília-de-folhas-grandes pertence à família Malvaceae. Tem um bom volume, atingindo entre 20 e 40 m de altura, com hastes retas de até um metro de diâmetro. É caducifólia, com folhas cordadas, com bordos serrilhados, até 20 cm de largura, verde-escuro na parte superior e verde-prateado claro na parte inferior, fortemente aromático. As flores desta árvore, que exalam um forte aroma, são na forma de pequenos cachos amarelos com uma bráctea alongada. Estes são usados ​​em fitoterapia e é o que chamamos de tila.


Nome científico: Tilia platyphyllos.

Nomes comuns: tília-de-folhas-grandes.

Parte da planta utilizada: flores.

Composição: fenol, flavonóides, óleo essencial, tanino.

Ação farmacológica: febrífugo, ansiolítico, sedativo.

Indicações: frio, febre, ansiedade, estresse, nervosismo.

Contraindicações: alergia a algum dos seus componentes.


Modo de uso: aqueça 1/4 litro de água até ferver e despeje sobre 2 colheres de chá de tila e deixe em infusão por 10 minutos. Tome 2-3 xícaras por dia.


#fitoterapia #tiliadefolhasgrandes #medicinatradicional #medicinaintegrativa #saudeintegrativa #plantasmedicinais

Referências bibliográficas:

López PM. Manual práctico de fitoterapia. Descripción de las plantas medicinales y preparación de remédios naturales. Guíasprácticas Nº 4. Plantasmedicinales.net, 2017

2 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo