Pós-barba natural adstringente e cicatrizante


O INTUITO DA POSTAGEM É EDUCACIONAL E SE BASEIA NOS CONHECIMENTOS DA MEDICINA TRADICIONAL. A AUTO-MEDICAÇÃO DEVE SER EVITADA E A AVALIAÇÃO MÉDICA É DESEJÁVEL ANTES DE SE UTILIZAR AS PLANTAS MEDICINAIS.


Muitas vezes ocorrem micro-lesões ou pequenos cortes durante o barbear, seja porque a lâmina não é de muito boa qualidade ou porque a pele é extremamente fina.

Uma boa lubrificação prévia da pele evita esses problemas na maioria dos casos.

Independentemente disso, existem peles hipersensíveis que se irritam ao menor toque e, obviamente, ao passar uma ferramenta de corte, são facilmente danificadas.


Ingredientes necessários para uma loção pós-barba natural:

1 colher de chá de confrei.

1 colher de chá de hamamélia-da-virgínia.

1 colher de chá de calêndula.

Algumas gotas de óleo de rosa-mosqueta.

1 colher de chá de gel de aloe vera.

50ml de água destilada.

Uma garrafa com spray.


Preparação:

1. Ferva a água com o confrei por 5 minutos.

2. Desligue o fogão e junte a hamamélia-da-virginia e a calêndula, deixe repousar tampado até ficar à temperatura ambiente.

3. Quando o líquido esfriar, coe e encha o borrifador.

4. Adicione a rosa-mosqueta e a babosa e agite bem a mistura.

5. Guarde na geladeira para mantê-lo fresco.


Modo de emprego:

Quando terminar de se barbear e o rosto estiver limpo, borrife a área desejada e deixe secar ao ar.


Observações:

Se você não conseguir todas as plantas, não é um problema. A hamamélia-da-virginia pode ser substituída por água de rosas o mais natural possível.

É preferível não preparar em grande quantidade, pois perde rapidamente as suas propriedades.

Pode ser mantido na geladeira entre 5 dias e uma semana.

Se você perceber que a loção está um pouco pegajosa, tente reduzir o gel de aloe vera pela metade, pois em algumas marcas ele é muito espesso e em outras mais líquido. Pela mesma razão, se você puder obter o gel diretamente de uma planta, teste uma pequena quantidade para obter a consistência desejada.

#fitoterapia #medicinatradicional #medicinaintegrativa #saudeintegrativa #plantasmedicinais

Referência bibliográfica:

López PM. Manual práctico de fitoterapia. Descripción de las plantas medicinales y preparación de remédios naturales. Guíasprácticas Nº 4. Plantasmedicinales.net, 2017

8 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo