top of page

Os Pontos Shu - Aplicação Clínica dos Pontos Jing (Poço)


É um lugar-comum que a Medicina Tradicional Chinesa permite (e até mesmo abraça) a contradição com muito mais facilidade do que o pensamento científico ocidental. Esta é talvez uma característica inevitável de um sistema que se desenvolveu ao longo de um período de tempo tão longo, e no qual nenhuma teoria, se oferece algo de valor clínico ou filosófico, precisa necessariamente ser abandonada à luz de uma nova e aparentemente contraditória. . Algumas das teorias clássicas sobre o uso dos cinco pontos shu são contraditórias, algumas são pouco corroboradas pela prática clínica e, em alguns casos, usos clínicos importantes desses pontos não são mencionados nas teorias clássicas. Em vários casos, no entanto, essas teorias foram claramente adotadas na prática tradicional e moderna.


Os Pontos Jing - Poço

"O ponto em que o Qi emana é conhecido como Jing (poço)".

Os pontos Jing (poço) são os primeiros ou últimos pontos de seus respectivos canais. Com exceção do Yongquan R1, todos estão localizados nas pontas dos dedos das mãos ou dos pés. De acordo com as fontes clássicas discutidas acima, os pontos Jing são indicados para:

  • Plenitude abaixo do Coração.

  • Doenças do Zang.

À luz da aplicação clínica tradicional e moderna, as seguintes observações podem ser feitas:

Os pontos Jing são usados ​​para limpar o calor, restaurar a consciência e resgatar do colapso. Com exceção de Zuqiaoyin VB44, Zhiyin B67 e Guanchong TA1, todos os pontos Jing são classicamente indicados para distúrbios como coma, desmaio e colapso, e, de fato, todos os doze pontos Jing combinados podem ser puncionados e submetidos à sangria por colapso por insolação ou febre alta. Essas ações refletem sua ação particularmente dinâmica no Qi.

Os pontos Jing tratam os trechos mais externos dos canais. Os pontos Jing, situados na extremidade externas dos canais, são os principais pontos poderosos para limpar o calor e a plenitude das partes mais superficiais de seus respectivos canais, particularmente em distúrbios agudos. Por exemplo:

  • Shaoshang P11 para dor de garganta aguda, obstrução dolorosa da garganta e caxumba.

  • Shangyang IG1 para obstrução dolorosa da garganta, surdez, zumbido e dor de dente.

  • Lidui E45 para inchaço da face, dor de dente, trismo, obstrução dolorosa na garganta, desvio da boca, sangramento nasal e corrimento nasal amarelo.

  • Shaochong C9 para dor na raiz da língua, língua inchada, obstrução dolorosa na garganta, calor na boca, dor e vermelhidão dos olhos.

  • Shaoze ID1 para dor de cabeça, tontura, olhos vermelhos, sangramento nasal, surdez, zumbido, obstrução dolorosa na garganta, língua enrolada, língua rígida, calor na boca, erosão da boca, úlceras na boca e baba.

  • Zhiyin B67 para dor de cabeça no vértice, dor de cabeça occipital, congestão nasal, sangramento nasal, dor nos olhos, dor no canto interno, surdez e zumbido.

  • Yongquan R1 para tontura, dor de cabeça no vértice, obstrução dolorosa na garganta, dor na garganta com incapacidade de engolir, perda de voz, língua seca e sangramento nasal.

  • Zhongchong CS9 para dor na raiz da língua, rigidez da língua e incapacidade de falar.

  • Guanchong TA1 para zumbido, surdez, dor de ouvido, língua rígida, dor na raiz da língua, secura da boca, lábios secos, gosto amargo na boca, dor de cabeça, vermelhidão dos olhos, obstrução dolorosa da garganta e dor na região submandibular.

  • Zuqiaoyin VB44 para dor de cabeça, dor aguda na cabeça, tontura, surdez súbita, zumbido, vermelhidão, inchaço e dor nos olhos, obstrução dolorosa na garganta, rigidez da língua com incapacidade de falar e língua enrolada com boca seca.

  • Dadun F1 para gosto amargo na boca e sangramento nasal incessante.

Estas indicações demonstram claramente o princípio de que os pontos mais distais em qualquer canal são os mais fortes para limpar o excesso e o calor da extremidade oposta do canal.

Ressalta-se que tratar o canal neste contexto não significa que estes sejam pontos importantes para rigidez, dor e desconforto ao longo do trajeto do canal como um todo e, portanto, os pontos Jing geralmente não são indicados para obstrução dolorosa, atrofia ou lesão traumática.

Os pontos Jing tratam a plenitude abaixo do Coração. O termo 'abaixo do coração' normalmente se refere ao ápice do epigástrio. O exame das indicações dos pontos Jing, no entanto, mostra que muitos tratam especificamente a estagnação e a plenitude em toda a região do tórax.

  • Shaoshang P11 para agitação [do coração] com tosse e dispneia, plenitude do coração com sudorese e plenitude abaixo do Coração.

  • Shangyang IG1 para plenitude de Qi do tórax irradiando para a região costal lateral, dispneia e tosse.

  • Lidui E45 para plenitude e distensão do tórax e abdômen.

  • Yinbai BP1 para calor no peito, plenitude do peito, dispneia e suspiros.

  • Shaochong C9 para dor no coração e dor no peito e região costal lateral.

  • Shaoze ID1 para sensação de frio abaixo do coração, agitação com dor no coração, opressão e dor no peito e dor na região costal lateral.

  • Zhiyin B67 para dor da região costal lateral e tórax e agitação do Coração.

  • Yongquan R1 para dor no coração, tosse e dispneia.

  • Zhongchong P9 para dor no coração, agitação do coração e opressão do Coração com ausência de sudorese.

  • Guanchong TA1 para calor congestionado do jiao superior, opressão do Coração com ausência de sudorese e dor no coração.

  • Zuqiaoyin VB44 para dor na região costal lateral (com tosse e incapacidade de recuperar o fôlego).

  • Dadun F1 para dor súbita no coração.

Os pontos Jing tratam distúrbios do espírito. Os pontos Jing compartilham, em sua maioria, uma capacidade comum de regular os distúrbios do espírito. Por exemplo, Shaoshang P11, Lidui E45, Yinbai BP1, Shaochong C9, Shaoze ID1, Yongquan R1 e Dadun F1 são indicados para vários tipos de mania, e Lidui E45, Yinbai BP1, Zuqiaoyin VB44 e Dadun F1 para vários distúrbios do sono, como insônia, pesadelos e sonolência.


Referências bibliográficas:

  1. Deadman P, Al-Khafaji M, Baker K. A Manual of Acupuncture. Journal of Chinese Medicine 1998. ISBN: 0951054678

  2. Focks, C. Guia prático de acupuntura: localização de pontos e técnicas de punção. Barueri, SP: Manole, 2008

  3. Yamamura, Y. Acupuntura tradicional - A Arte de Inserir. 2ª ed. São Paulo, SP: Roca, 2004

Posts recentes

Ver tudo

Comentários


bottom of page