Nutrição energética - Gengibre (fresco ou seco)


Nutrição energética - Gengibre (fresco ou seco)


Características:

Natureza térmica: quente (o gengibre seco é mais quente)

Sabor: picante (gengibre seco é mais picante)

Zang Fu: Pulmão, Estômago, Baço

Direção: ascensão

Elemento: Metal

Efeitos: fortalece o Aquecedor Central, controla náuseas, libera a superfície de fatores patogênicos do Vento (ajuda o Qi do Estômago na camada Tai Yang, produzindo suor, alivia o vômito, transforma a fleuma, tonifica o Pulmão, alivia a tosse e desintoxica; estimula a circulação sanguínea, aumenta o apetite e promove a secreção de sucos digestivos

Método de preparação: gengibre fresco (o gengibre roxo é mais suave e é frequentemente consumido como vegetal); flocos, lascas ou pó de gengibre seco; como suco ou decocção


Contém alto teor de óleos essenciais, amido e aminoácidos, amaroides, gingerol (agente cardio-tônico)


Indicações

Deficiência no Estômago e no Baço, desarmonia do Qi do Estômago (wei qi bu he), contra-fluxo do Qi do Estômago (wei qi shang ni): náusea e vômito

Resfriado, gripe causada pelo Vento: resfriados, aversão ao frio, artrite/dores nas articulações, dores de cabeça, nariz entupido

Frio no Pulmão ou mucosidade-fria: tosse, falta de ar, catarro claro e branco

Indigestão: vômitos e diarreia após o consumo de alimentos estragados

Sintomas gerais de resfriado: mãos e pés frios, reumatismo (artrite) que piora com o Vento-Frio


Contra-indicações

Sinais gerais de deficiência e Calor Yin

Hipertensão arterial


O consumo prolongado de grandes quantidades de gengibre deve ser evitado. O excesso pode provocar distúrbios da fleuma de calor.


Referência:

Kastner, J. Chinese Nutrition Therapy - Dietetics in Traditional Chinese Medicine. Thieme 2004

17 visualizações

Todos os Direitos Reservados ©2019 by medicofisiatra.com.br. Para uso de algum dos conteúdos entrar em contato conosco.