Natureza térmica dos alimentos na Medicina Tradicional Chinesa


De acordo com a Medicina Tradicional Chinesa, os alimentos podem ser divididos em cinco níveis conforme sua natureza térmica:



Além dos alimentos, esta classificação também é aplicada para as ervas medicinais chinesas.

Independentemente de sua preparação, todos os alimentos têm uma natureza térmica básica, que tem um efeito específico no corpo. Por exemplo, alimentos energeticamente "quentes", como pimenta, pimentão e alho, promovem o aquecimento do corpo, enquanto os alimentos energeticamente "frios", como tomates e bananas, resfriam o corpo. Alimentos neutros não alteram o nível energético do corpo.


Alimentos quentes

Os alimentos quentes aumentam o Yang, aceleram o Qi, ativam, aquecem, dispersam, movem-se para cima e para o exterior, aquecem os Órgãos e Víceras (Zang Fu), eliminam o Frio externo e interno e mobilizam a energia de defesa.

Exemplo: tratamento dos sintomas do resfriado, através do consumo de gengibre, canela, cordeiro, pimentão

Cuidados:o excesso cria calor (excesso de Yang), prejudica o Yin e seca os fluidos corporais.


Alimentos mornos

Os alimentos mornos fortalecem o Yang e o Qi, aquecem o corpo, os Órgãos e Vísceras (Zang Fu) e aquecem e fortalecem o Aquecedor Central.

Exemplo: tratamento dos sintomas do resfriado, através do consumo de erva-doce, frango, carne, aveia

Cuidados: excesso cria calor (excesso de Yang).


Alimentos neutros

Os alimentos neutros acumulam Qi e fluidos corporais e estabilizam e harmonizam o corpo.

Exemplo: tratamento da deficiência de Qi, através do consumo de mel, arroz, batata


Alimentos frescos

Alimentos frescos suplementam os Fluidos Corporais (Jin Ye) e o Sangue (Xue), diminuem o Qi e clareiam o calor.

Exemplo: tratamento de sintomas de calor, através do consumo de iogurte, leite de soja, trigo


Alimentos frios

Alimentos frios criam o frio interior e têm um efeito calmante sobre o espírito (Shen).

Exemplo: tratamento de sintomas de calor, através do consumo de melancia, dente de leão, laranja

Cuidados: excesso danifica o Qi e o Yang e esfria completamente o corpo.


Os objetivos terapêuticos são definidos de acordo com o princípio Yin-Yang.

O frio requer calor = Yang (quente e morno).

O calor requer frio = Yin (frio e fresco).


Alimentos Yang

Os alimentos Yang são alimentos quentes ou mornos; eles aquecem e revigoram o corpo.

Exemplos: especiarias picantes (pimenta, alho, canela), carnes (carne bovina, frango, carne de caça, cordeiro), café, álcool, aveia, cereja, pêssego.

Os alimentos Yang são recomendados para distúrbios de natureza fria ou fresca.

Deficiência de Qi

Sintomas: fadiga, palidez, tremores, perda de apetite, suscetibilidade a infecções.

Deficiência de Yang

Sintomas: mãos e pés frios, exaustão, letargia, fezes amolecidas, vontade frequente de urinar com urina clara.


Alimentos Yin

Os alimentos Yin são alimentos frios ou frescos; eles têm um efeito refrescante e calmante sobre o corpo.

Exemplos: lacticínios, frutas (especialmente frutas tropicais como banana, frutas cítricas), água mineral, tomate, trigo.

Os alimentos Yin são uma terapia importante para distúrbios do calor,.

Deficiência de Yin

Sintomas: membranas mucosas secas, língua seca, suor noturno, mãos e pés quentes, sensação de calor à tarde.

Excesso de Yang

Sintomas: voz alta, rosto vermelho, inquietação, agitado, hiperativo, distúrbios do sono, sensação de calor.



Referências:

  1. Kastner, J. Chinese Nutrition Therapy - Dietetics in Traditional Chinese Medicine. Thieme 2004

  2. O'Connor, J. Bensky, D. Acupuntura - um texto compreensível. 1ª edição. Roca 1996

  3. Yamamura, Y. Acupuntura tradicional - a arte de inserir. 2ª edição. Roca 2004

  4. Yamamura, Y. Yamamura, ML. Acupuntura. Manole 2014

0 visualização

Todos os Direitos Reservados ©2019 by medicofisiatra.com.br. Para uso de algum dos conteúdos entrar em contato conosco.