Ipê-roxo


O INTUITO DA POSTAGEM É EDUCACIONAL E SE BASEIA NOS CONHECIMENTOS DA MEDICINA TRADICIONAL. A AUTO-MEDICAÇÃO DEVE SER EVITADA E A AVALIAÇÃO MÉDICA É DESEJÁVEL ANTES DE SE UTILIZAR AS PLANTAS MEDICINAIS.


O ipê-roxo é uma árvore nativa da América, onde cresce do norte da Argentina ao México. Atualmente é distribuído principalmente na Bolívia e noroeste da Argentina. Prefere solos arenosos e úmidos. Altamente distintivo por suas vistosas flores cor de rosa, que aparecem quando ainda está desprovida de folhagem no final do inverno. Sua madeira é utilizada na construção, e propriedades medicinais são atribuídas à infusão de sua casca. É uma árvore de bom porte, podendo atingir 8 m de diâmetro no tronco e 30 m de altura, dos quais 10 correspondem aproximadamente ao caule. A copa é semiglobosa, com a folhagem concentrada na parte mais alta; é decídua.


Nome científico: Tabebuia impetiginosa.

Nomes comuns: ipê-roxo, ipê-rosa, ipê-preto, pão-d'arco.

Parte da planta utilizada: casca.

Composição: lapachol, resina, saponina, lapachone, carnosol.

Ação farmacológica: antiviral, adstringente, anti-inflamatório, antifúngico.

Indicações: diarreia, psoríase, cândida, gripe, edema.

Contra-indicações: não utilizar durante a gravidez ou em tratamento com anticoagulantes.

Advertências: recomenda-se o uso por curta duração.


Modo de usar:

Uso interno: aqueça 1/4 litro de água até ferver e despeje sobre 1 colher de chá de lapacho. Deixe em infusão por 10 minutos. Tome 2-3 xícaras por dia.

Uso externo: existem preparações à venda em dietéticas e lojas especializadas.


Alguns estudos sugerem que o ipê-roxo pode reduzir as respostas das citocinas pró-inflamatórias nos linfócitos e pode auxiliar no tratamento contra o Helicobacter pylori.


Referências bibliográficas:

  1. López PM. Manual práctico de fitoterapia. Descripción de las plantas medicinales y preparación de remédios naturales. Guíasprácticas Nº 4. Plantasmedicinales.net, 2017

  2. Park BS, Lee HK, Lee SE, Piao XL, Takeoka GR, Wong RY, Ahn YJ, Kim JH. Antibacterial activity of Tabebuia impetiginosa Martius ex DC (Taheebo) against Helicobacter pylori. J Ethnopharmacol. 2006 Apr 21;105(1-2):255-62. doi: 10.1016/j.jep.2005.11.005. Epub 2005 Dec 15. PMID: 16359837

  3. Ryan RYM, Fernandez A, Wong Y, Miles JJ, Cock IE. The medicinal plant Tabebuia impetiginosa potently reduces pro-inflammatory cytokine responses in primary human lymphocytes. Sci Rep. 2021 Mar 9;11(1):5519. doi: 10.1038/s41598-021-85211-8. PMID: 33750911


#fitoterapia #iperoxo #medicinatradicional #medicinaintegrativa #saudeintegrativa #plantasmedicinais


15 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo