Damiana


O INTUITO DA POSTAGEM É EDUCACIONAL E SE BASEIA NOS CONHECIMENTOS DA MEDICINA TRADICIONAL. A AUTO-MEDICAÇÃO DEVE SER EVITADA E A AVALIAÇÃO MÉDICA É DESEJÁVEL ANTES DE SE UTILIZAR AS PLANTAS MEDICINAIS.


A damiana é uma planta que cresce em terras áridas da Califórnia, Brasil, México e Bolívia. É um arbusto que atinge 2 metros de altura. As folhas têm entre 1 e 2 centímetros de tamanho e possuem vilosidades. As flores amarelas são compostas por cinco pétalas. Bom substituto para outros estimulantes como café ou chá, pois a combinação destes com a damiana pode produzir irritabilidade e mau humor devido ao excesso de alcalóides com efeito estimulante.


Nome científico: Turnera diffusa

Nomes comuns: damiana

Parte da planta usada: folha

Composição: alcalóides, tanino, proteínas.

Ação farmacológica: afrodisíaco, estimulante, antidepressivo.

Indicações: frigidez, impotência, astenia, depressão.

Contra-indicações: não consumir durante a gravidez e lactação. Não combine com outros estimulantes, como café e chá. Consumido em excesso, produz um efeito laxante.


Modo de emprego: aquecer 1/4 litro de água até ferver, adicionar 2 colheres de chá de sobremesa de damiana, desligar o fogo e deixe repousar por 10 minutos. Tomar 1-2 xícaras por dia e nunca à noite, pois pode causar insônia.


#fitoterapia #damiana #medicinatradicional #medicinaintegrativa #saudeintegrativa #plantasmedicinais


Referências bibliográficas:

  1. López PM. Manual práctico de fitoterapia. Descripción de las plantas medicinales y preparación de remédios naturales. Guíasprácticas Nº 4. Plantasmedicinales.net, 2017


13 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo