top of page

Cuidados no agulhamento dos pontos de acupuntura


A prevenção de lesões é um princípio fundamental da acupuntura na prática. O agulhamento excessivamente profundo ou agulhamento em grandes vasos ou órgãos viscerais pode causar danos significativos ao paciente, e todo cuidado deve ser tomado para evitar que isso aconteça. Não há substituto para a prática clínica sob supervisão especializada durante o período de treinamento do acupunturista. Maior segurança e confiança virão com treinamento competente. Em caso de dúvida, erre pelo lado da cautela. Todo cuidado foi tomado neste texto para recomendar profundidades de agulhamento e pontos de cautela para minimizar o risco. Ao mesmo tempo, onde o agulhamento mais profundo é seguro, não hesitamos em recomendá-lo, pois pode fazer uma diferença significativa no resultado clínico.

Os seguintes cuidados importantes devem ser observados:


Prevenção de pneumotórax

O agulhamento perpendicular ou oblíquo profundo não deve ser usado em qualquer parte da cavidade torácica, seja no tórax, nas costas ou na área supraclavicular. Isso é para evitar o risco de pneumotórax. O pneumotórax deve ser considerado uma possibilidade se ocorrer algum dos seguintes sintomas: dor no peito, aperto no peito, tosse ou falta de ar. Um pneumotórax substancial também resultará em taquicardia, hipotensão, sudorese excessiva ou comprometimento da consciência. O pneumotórax constitui uma emergência médica e assistência especializada deve ser acionada em qualquer caso em que haja suspeita. É importante notar que os efeitos clínicos do pneumotórax podem ser retardados, e os mesmos procedimentos devem ser adotados se um paciente relatar qualquer um dos sintomas acima dentro de algumas horas após a punção.

Agulhando o abdômen

Embora na prática chinesa não seja considerado problemático agulhar na cavidade peritoneal, a abordagem seguida neste texto é evitar a penetração na cavidade peritoneal, e as profundidades da agulha para pontos no abdome foram recomendadas com isso em mente.

No entanto, o profissional deve usar seu critério ao agulhar pacientes ou crianças magras ou emaciadas.


Agulhamento próximo aos principais órgãos

Onde os pontos de acupuntura estão sobre ou próximos a órgãos principais, isso é especificado no texto, e maior cautela deve ser aplicada ao agulhar esses pontos. Os órgãos relevantes são a pleura, pulmões, coração, fígado, baço, rins e bexiga. As ilustrações a seguir mostram a localização desses órgãos.

A pleura existe em duas camadas:

I. a pleura parietal cobre o interior da cavidade torácica, incluindo a superfície superior do diafragma e as superfícies laterais do mediastino (contendo o coração e os grandes vasos) e

II. a pleura visceral cobre cada pulmão separadamente.

A cavidade pleural é o espaço potencial que existe entre essas duas camadas. A penetração deste espaço com ou sem penetração do tecido pulmonar subjacente pode induzir um pneumotórax. A cavidade pleural estende-se da fossa supraclavicular superiormente, descendo até a oitava costela na linha hemiclavicular, até a décima costela na linha axilar média e até a décima segunda costela na borda lateral dos músculos eretores da espinha. Anteriormente, as duas reflexões pleurais (direita e esquerda) se estendem mais ou menos até a linha média atrás do esterno. Posteriormente, as duas reflexões pleurais correm verticalmente ao longo dos corpos vertebrais torácicos de T1 estendendo-se até T12. Essencialmente, quaisquer pontos situados sobre a caixa torácica, se agulhados de forma imprudente, têm o potencial de induzir pneumotórax. Para obter conselhos sobre quais pontos específicos podem causar um pneumotórax, consulte o conselho de precaução fornecido na instrução de agulhamento.

O próprio órgão pulmonar se estende da fossa supraclavicular para preencher as cavidades pleurais até o diafragma.

O nível da borda inferior do pulmão varia de acordo com o estágio da respiração. Na posição de repouso, este nível situa-se dois espaços costais acima da reflexão pleural anterior, medial e lateralmente.

O contorno cardíaco estende-se do segundo ao sexto espaço intercostal e da área paraesternal direita até quase a linha mamilar esquerda. A superfície inferior do coração repousa sobre o diafragma e particularmente se o coração estiver aumentado, é possível com agulhas profundas danificar o músculo cardíaco usando pontos de acupuntura na área epigástrica (por exemplo, Juque VC14, Jiuwei VC15, Youmen R21, Burong E19).

O fígado está situado sob o diafragma, na região subcostal direita, e se estende pela linha média na região epigástrica. Se aumentada, emerge abaixo do rebordo costal do lado direito, estendendo-se também mais amplamente para a região epigástrica.

O baço situa-se abaixo da nona, décima e décima primeira costelas no lado esquerdo da cavidade abdominal, profundamente ao aspecto póstero-lateral da caixa torácica. Se o baço aumenta de tamanho, estende-se anterior e inferiormente, e a ponta emerge abaixo do rebordo costal esquerdo na frente, podendo em casos extremos estender-se até a fossa ilíaca direita.

Os rins situam-se na parede abdominal posterior, profundamente aos músculos paravertebrais, entre a décima segunda vértebra torácica e a terceira lombar. Por esta razão, os pontos do canal da Bexiga acima de Qihaishu B24 devem ser agulhados obliquamente em direção à coluna em vez de perpendicularmente.

A bexiga fica atrás da sínfise púbica e, se estiver cheia, se estenderá para cima na área hipogástrica, possivelmente até o Guanyuan VC4. É aconselhável pedir ao paciente para esvaziar a bexiga antes de agulhar nesta área.


Agulhamento próximo aos principais vasos sanguíneos

Onde os pontos de acupuntura estão sobre ou perto de vasos sanguíneos principais, isso é especificado no texto. Em geral, o risco de penetração dos vasos sanguíneos pode ser minimizado prestando atenção à sensação induzida pela inserção da agulha.

Embora a sensação desejada da chegada do Qi (deqi) seja caracterizada principalmente por peso, dormência ou dor, a penetração dos vasos sanguíneos provavelmente resultará em sensações agudas e dolorosas (mais para as artérias do que para as veias). Se isso acontecer, é aconselhável retirar a agulha, verificar novamente a localização do ponto e reinserir a agulha em uma direção diferente com cuidado. se houver um sangramento significativo na retiranda da agulha (seja sob a pele ou através da pele), deve ser aplicada uma pressão com uma bola de algodão. No caso de sangramento venoso (hemorragia geralmente mais lenta e escura), a pressão deve ser aplicada por um minuto. No caso de sangramento arterial (em geral, hemorragia mais rápida e vermelho-vivo), a pressão deve ser aplicada por um mínimo de três minutos.


Agulhamento próximo aos principais nervos

Onde os pontos de acupuntura estão sobre ou próximos aos nervos principais, isso é especificado no texto, e maior cautela deve ser aplicada ao agulhar esses pontos. O risco de danos aos nervos pode ser minimizado prestando atenção à sensação induzida pela inserção da agulha. Embora uma sensação elétrica seja considerada uma forma aceitável de chegada da sensação de Qi (deqi), ela indica estimulação direta de um nervo, e manipulação adicional deve ser evitada. Geralmente não é necessário retirar a agulha caso isso ocorra.


Referências bibliográficas:

  1. Deadman P, Al-Khafaji M, Baker K. A Manual of Acupuncture. Journal of Chinese Medicine 1998. ISBN: 0951054678

  2. Focks, C. Guia prático de acupuntura: localização de pontos e técnicas de punção. Barueri, SP: Manole, 2008

  3. Yamamura, Y. Acupuntura tradicional - A Arte de Inserir. 2ª ed. São Paulo, SP: Roca, 2004

Posts recentes

Ver tudo

Commenti


bottom of page