Cáscara sagrada


O INTUITO DA POSTAGEM É EDUCACIONAL E SE BASEIA NOS CONHECIMENTOS DA MEDICINA TRADICIONAL. A AUTO-MEDICAÇÃO DEVE SER EVITADA E A AVALIAÇÃO MÉDICA É DESEJÁVEL ANTES DE SE UTILIZAR AS PLANTAS MEDICINAIS.


A cascara sagrada é uma planta nativa da América do Norte temperada, cresce em florestas de coníferas e é cultivada na África central. É uma árvore de 6 a 12 metros de altura. As folhas medem 4-8 cm. de comprimento e são cobertos com penugem ao nascer e ficam verdes brilhantes. São elípticos, inteiros e ligeiramente dentados. As flores são pequenas, branco-esverdeadas e agrupadas em umbelas, tem cinco pétalas. O fruto é uma grande drupa preta do tamanho de uma ervilha contendo duas ou três sementes brilhantes.


Nome científico: Rhamnus purshianus

Nomes comuns: casca sagrada

Partes da planta usadas: cáscara

Composição: antraquinona, aloína.

Ação farmacológica: laxante.

Indicações: constipação intestinal

Contra-indicações: não usar durante a gravidez e lactação, ou em caso de inflamação intestinal, apendicite, obstrução intestinal.


Modo de emprego: aquecer 1/4 litro de água até ferver. Adicionar 2 colheres de chá de cáscara sagrada e deixar descansar por 10 minutos. Tomar 1 xícara antes de ir para a cama.


#fitoterapia #cascarasagrada #medicinatradicional #medicinaintegrativa #saudeintegrativa #plantasmedicinais


Referências bibliográficas:

  1. López PM. Manual práctico de fitoterapia. Descripción de las plantas medicinales y preparación de remédios naturales. Guíasprácticas Nº 4. Plantasmedicinales.net, 2017

18 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo