Bases gerais para o tratamento do excesso de Yin e Umidade pela Medicina Tradicional Chinesa


O excesso de Yin é geralmente causada por uma dieta pobre e insuficiente. Consumir muitos produtos Yin esfria o corpo, prejudica o Qi do baço e causa umidade. Esta síndrome pode piorar devido a deficiência do Baço-Pâncreas e, com o tempo, pode levar a distúrbios da fleuma. A reposição de Yin reduz a energia Yang do corpo.


Sintomas

Fadiga; movimentos lentos; mãos frias; sensação de peso dentro do corpo, bem como nos braços e pernas; dor de cabeça que o paciente geralmente descreve como a "sensação de que está usando um capacete"; tendência a diarreia, inchaço, retenção de água nos braços, nas pernas e no rosto; uma disposição melancólica, depressão; obesidade.


Causas

Causas gerais: fatores gerais que podem causar deficiência de Qi no Baço-Pâncreas e deficiência geral de Yang, como esforço excessivo, insônia.

Causas alimentares: ingestão irregular de alimentos; refeições apressadas comidas sob estresse; refeição principal no final da noite; excesso de alimentos crus, saladas e laticínios que produzem muita umidade e mucosidade.


Prevenção

Lidar, da melhor forma, com o estresse e os desafios da vida cotidiana, mantendo-se saudável, requer uma dieta saudável e de suporte.

Hábitos alimentares saudáveis ​​devem ser desenvolvidos para sustentar a energia necessária para enfrentar as demandas da vida cotidiana e estabelecer um estado de saúde equilibrado.


Evitar:

Alimentos Yin; alimentos úmidos, especialmente laticínios; frutas e vegetais crus; excesso de sabores doces; refeições apressadas e irregulares; refeição principal no final da noite; café da manhã inadequado; muita gordura e óleo.


Recomendado:

Alimentos e métodos de cozimento moderadamente quentes .

Para umidade e mucosidade, especialmente sabores amargos e quentes, mas também doces-mornos, salgados-mornos, mornos-refrescantes, além de todos os sabores neutros.

Ingestão moderada de alimentos quentes.

Outros alimentos interessantes: gengibre, alho-poró, peras, cerejas, carpa, milho.


Referência:

  1. Kastner, J. Chinese Nutrition Therapy - Dietetics in Traditional Chinese Medicine. Thieme 2004

0 visualização

Todos os Direitos Reservados ©2019 by medicofisiatra.com.br. Para uso de algum dos conteúdos entrar em contato conosco.