Alguns cuidados naturais para problemas na garganta


O INTUITO DA POSTAGEM É EDUCACIONAL E SE BASEIA NOS CONHECIMENTOS DA MEDICINA TRADICIONAL. A AUTO-MEDICAÇÃO DEVE SER EVITADA E A AVALIAÇÃO MÉDICA É DESEJÁVEL ANTES DE SE UTILIZAR AS PLANTAS MEDICINAIS.


A garganta é uma área muito sensível do corpo e pode ser afetada por temperaturas extremas, por alimentos e bebidas, esforço excessivo e infecções.

Durante a infância, é bem raro que a criança não sofra algum tipo de desconforto ou mal-estar na garganta. Na idade adulta, as causas têm mais a ver com maus hábitos de vida, como fumar, ou uma doença mal curada.

Em geral, os sintomas variam desde uma leve afonia, dor ao engolir e, dependendo da gravidade, também pode ocorrer febre.

Vamos ver situações comuns de doenças da garganta e quais plantas podem auxiliar nos seus cuidados.


Amigdalite

A amigdalite é a infecção dos gânglios linfáticos chamados amígdalas, que estão localizados na parte superior da garganta.

Para tratar inflamações e infecções, a planta por excelência é a segurelha-das-montanhas.

Embora os componentes ativos sejam encontrados no óleo essencial, é preferível usar a planta natural, pois a essência é muito forte.

Ferva um copo de água e adicione uma colher de chá de segurelha-das-montanhas.

Deixe esfriar à temperatura ambiente e gargareje 3 vezes ao dia.


Faringite

A faringite é a inflamação da faringe, localizada na parte posterior da garganta.

Seus sintomas são bastante incômodos e podem incluir dor e secura da garganta até febre.

Pode ser feita uma mistura de partes iguais de verbena, verbasco e malva-branca.

Ferva uma xícara de água e adicione uma colher de chá da mistura.

Deixe repousar até arrefecer à temperatura ambiente.

Faça gargarejos ou enxague bucal, 2 ou 3 vezes ao dia.


Laringite

A laringite é a inflamação da laringe, onde estão localizados os cordões orais.

Seu sintoma característico é a perda da voz ou afonia, que pode ser parcial ou total dependendo da gravidade.

A planta indicada para esta doença é o musgo da Islândia.

Ferva uma xícara de água com uma colher de chá de líquen da Islândia por 10 minutos.

Deixe repousar até ficar à temperatura ambiente. Adicione um pouco de mel a gosto.

Tome 2 a 3 xícaras por dia.

#fitoterapia #dordegarganta #amigdalite #faringite #laringite #medicinatradicional #medicinaintegrativa #saudeintegrativa #plantasmedicinais

Referência bibliográfica:

López PM. Manual práctico de fitoterapia. Descripción de las plantas medicinales y preparación de remédios naturales. Guíasprácticas Nº 4. Plantasmedicinales.net, 2017

15 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo