Abóbora


O INTUITO DA POSTAGEM É EDUCACIONAL E SE BASEIA NOS CONHECIMENTOS DA MEDICINA TRADICIONAL. A AUTO-MEDICAÇÃO DEVE SER EVITADA E A AVALIAÇÃO MÉDICA É DESEJÁVEL ANTES DE SE UTILIZAR AS PLANTAS MEDICINAIS.


A abóbora é uma planta herbácea, perene, com hastes flexíveis e trepadeiras. Tem folhas grandes, cinco lóbulos, cordadas com veias bem marcadas. Apresenta pilosidade abundante nas folhas e caule. As flores são amarelas, com pétalas carnudas, monóicas. A fruta é um tipo de baga. Pode ser alongado ou esférico, verde a laranja profundo. A polpa é amarelo-alaranjada, densa, de textura firme e sabor adocicado. A abóbora contém em seu interior numerosas sementes ovais, convexas, lisas, de 2 a 3 cm de comprimento, que por sua vez contêm uma polpa branca e comestível, com a qual são feitas as sementes tradicionais.


Nome científico: Cucurbita pepo L.

Nomes comuns: abóbora

Partes da planta usadas: sementes.

Composição: lipídios, cucurbitina, esterol, minerais, proteínas, triterpenos, carotenóides.

Ação farmacológica: anti-helmíntica, anti-inflamatória.

Indicações: problemas de próstata, parasitas intestinais.

Contraindicações: alergia aos componentes.


Modo de emprego: um punhado de sementes de abóbora cruas por dia, espalhadas pelas refeições.


Alguns estudos sugerem que as composições com a abobora podem ser utilizadas para a melhora dos sintomas de homens com hiperplasia benigna da próstata, para melhora da síndrome da bexiga hiperativa em mulheres, e para o tratamento anti-helmíntico.


#fitoterapia #abobora #medicinatradicional #medicinaintegrativa #saudeintegrativa #plantasmedicinais


Referência bibliográfica:

  1. Damiano R, Cai T, Fornara P, Franzese CA, Leonardi R, Mirone V. The role of Cucurbita pepo in the management of patients affected by lower urinary tract symptoms due to benign prostatic hyperplasia: A narrative review. Arch Ital Urol Androl. 2016 Jul 4;88(2):136-43. doi: 10.4081/aiua.2016.2.136.

  2. Feitosa TF, Vilela VL, Athayde AC, Braga FR, Dantas ES, Vieira VD, de Melo LR. Anthelmintic efficacy of pumpkin seed (Cucurbita pepo Linnaeus, 1753) on ostrich gastrointestinal nematodes in a semiarid region of Paraiba State, Brazil. Trop Anim Health Prod. 2013 Jan;45(1):123-7. doi: 10.1007/s11250-012-0182-5. Epub 2012 Jun 9.

  3. Gauruder-Burmester A, Heim S, Patz B, Seibt S. Cucurbita pepo-Rhus aromatica-Humulus lupulus Combination Reduces Overactive Bladder Symptoms in Women - A Noninterventional Study. Planta Med. 2019 Sep;85(13):1044-1053. doi: 10.1055/a-0946-2280. Epub 2019 Jul 1.

  4. López PM. Manual práctico de fitoterapia. Descripción de las plantas medicinales y preparación de remédios naturales. Guíasprácticas Nº 4. Plantasmedicinales.net, 2017

  5. Zerafatjou N, Amirzargar M, Biglarkhani M, Shobeirian F, Zoghi G. Pumpkin seed oil (Cucurbita pepo) versus tamsulosin for benign prostatic hyperplasia symptom relief: a single-blind randomized clinical trial. BMC Urol. 2021 Oct 19;21(1):147. doi: 10.1186/s12894-021-00910-8.


16 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo