A complexidade da experiência psicossocial da pessoa com dor


A complexidade da experiência psicossocial da pessoa com dor


A experiência dolorosa tem uma repercussão relevante nos aspectos psicológicos e sociais de um indivíduo e não há um modelo ou conjunto de conceitos psicológicos para controlar todos os fatores psicossociais relacionados às condições dolorosas.

As teorias comportamentais evoluem a cada dia em virtude do maior conhecimento sobre as relações humanas.

É fundamental, quando se pensa em uma perspectiva biopsicossocial, a compreensão real da experiência pessoal das crenças e das reações emocionais e comportamentos habituais da pessoa com dor.

Quando se une este conhecimento ao saber sobre os conceitos psicossociais da dor, o profissional consegue ter uma visão mais completa daquele paciente, o que permite melhor desempenho do seu tratamento, com influência positiva no plano de cuidados e nos desfechos clínicos.

#dormiofascial #pontogatilhomiofascial #dor #dorcrônica #dormuscular #reabilitação

#fisiatria


Referência bibliográfica:

Donnelly, JM. et al. Dor e disfunção miofascial de Travell, Simons & Simons. Manual de

pontos-gatilho. 3ª edição. Artmed. Porto Alegre. 2020

5 visualizações

Todos os Direitos Reservados ©2019 by medicofisiatra.com.br. Para uso de algum dos conteúdos entrar em contato conosco.